Brasil Ciência https://www.brasilciencia.com/ Pinturas pré-históricas da idade da pedra encontradas em floresta tropical na Colômbia https://www.brasilciencia.com/artigos/post/pinturas-pre-historicas-da-idade-da-pedra-encontradas-em-floresta-tropical-na-colombia https://www.brasilciencia.com/artigos/post/pinturas-pre-historicas-da-idade-da-pedra-encontradas-em-floresta-tropical-na-colombia Sat, 16 Jan 2021 03:54:00 -0200 Arqueólogos descobriram dezenas de milhares de pinturas pré-históricas de animais e humanos em uma área remota da Colômbia. Até mesmo alguns animais extintos são retratados, o que significa que as pinturas têm, provavelmente, mais de 12.500 anos.

As pinturas estão dispostas por quase 12 quilômetros na frente de um penhasco, há formas geométricas e dezenas de milhares de imagens de animais e humanos, incluindo peixes, tartarugas, lagartos e pássaros, pessoas dançando ou de mãos dadas, figuras com máscaras e muitas impressões de mãos.

{% ad4 %}

Animais já extintos, como preguiças gigantes, cavalos da Idade do Gelo ou o paleolama, um tipo de camelo antigo, também são retratados.

Há até uma foto de um mastodonte, um parente pré-histórico do elefante que não habita a América do Sul há 12.000 anos. Essas pinturas parecem deixar claro que a arte rupestre foi criada há mais de 12.500 anos.

Os arqueólogos encontraram pedaços de ocre (substância-de cor amarela-marrom) que foram raspados para fazer as imagens, que são pintadas em cor avermelhada.

Mantido em segredo

{% ad-horizontal %} 

As fascinantes pinturas rupestres foram descobertas em 2017 por uma equipe de pesquisadores britânicos-colombianos, mas a descoberta foi mantida em segredo antes de uma série do Canal 4 britânico ser exibida em dezembro, Jungle Mystery: Lost Kingdoms of the Amazon.

O local fica na cordilheira Serrania de la Lindosa, no meio da selva colombiana, a cerca de 400 quilômetros a sudeste da capital, Bogotá.

As pinturas não apenas fornecerão mais informações sobre os animais e plantas que existiam naquela época, mas também darão pistas sobre como as pessoas se comunicavam e quais rituais xamânicos tinham. Já está claro que levará décadas para que todas as fotos sejam documentadas e analisadas.

EchoWatch

]]>
Você sabe o que acontece no cérebro quando você discorda? https://www.brasilciencia.com/artigos/post/voce-sabe-o-que-acontece-no-cerebro-quando-voce-discorda https://www.brasilciencia.com/artigos/post/voce-sabe-o-que-acontece-no-cerebro-quando-voce-discorda Thu, 14 Jan 2021 22:00:00 -0200 Discordar ocupa muito espaço no cérebro.

Segundo estudo, quando duas pessoas concordam, seus cérebros exibem uma sincronicidade calma de atividade focada em áreas sensoriais do cérebro. Quando eles discordam, no entanto, muitas outras regiões do cérebro envolvidas em funções cognitivas são mobilizadas à medida que cada indivíduo combate o argumento do outro.

Para o estudo, os pesquisadores de Yale e da University College London recrutaram 38 adultos aos quais foi solicitado que dissessem se concordavam ou discordavam de uma série de declarações como: “o casamento homossexual é um direito civil” ou, “a maconha deve ser legalizada.”

Depois de combinar pares com base em suas respostas, os pesquisadores usaram uma tecnologia de imagem chamada Espectroscopia Funcional em Infravermelho Próximo para registrar a atividade cerebral de cada um enquanto eles se engajavam em discussões cara a cara.

{% ad4 %}

Quando as pessoas estavam de acordo, a atividade cerebral era harmoniosa e tendia a se concentrar nas áreas sensoriais do cérebro, como o sistema visual, provavelmente em resposta a estímulos sociais de seu parceiro. No entanto, durante as disputas, essas áreas do cérebro eram menos ativas. Enquanto isso, a atividade aumentou nos lobos frontais do cérebro, lar das funções executivas de ordem superior.

“Há uma sincronicidade entre os cérebros quando concordamos”, disse Hirsch. “Mas quando discordamos, o acoplamento neural se desconecta.”

"Nosso cérebro inteiro é uma rede de processamento social", disse a autora sênior Joy Hirsch. "No entanto, é preciso muito mais domínio do cérebro para discordar do que para concordar", acrescentou Hirsch.

E você, concorda?

yale

]]>
Astrônomos identificaram outro aspecto importante que pode suportar vida em planetas https://www.brasilciencia.com/artigos/post/astronomos-identificaram-outro-aspecto-importante-que-pode-suportar-vida-em-planetas https://www.brasilciencia.com/artigos/post/astronomos-identificaram-outro-aspecto-importante-que-pode-suportar-vida-em-planetas Wed, 13 Jan 2021 04:04:00 -0200 Cachinhos Dourados é o nome dado zona habitável ao redor de uma estrela, onde água líquida pode estar presente na superfície de um planeta.

{% ad4 %}

A região habitável ao redor de uma estrela se refere à uma metáfora, alusão e antonomásia do conto de fadas infantil "Cachinhos Dourados e os Três Ursos", em que uma menina escolhe entre conjuntos de três itens, ignorando os que são muito extremos ( grande ou pequeno, quente ou frio, etc.), e estabelecendo-se no do meio, que é "na medida certa".

Essse critério é importante para avaliar a habitabilidade de um planeta, mas não é o único que pode nos ajudar a avaliar a existência de vida em um planeta; de acordo com uma nova pesquisa baseada através de  décadas de dados coletados, também existem estrelas Goldilocks.

As estrelas não sao iguais, algumas são extremamente quentes e brilhantes. Algumas tem uma temperatura bastante baixa, como anãs do tipo M vermelhas, este tipo de estrela poderia ter uma boa temperatura, mas a zona Cachinhos Dourados ficaria muito perto da estrela, e as anãs vermelhas tendem a ser turbulentas, lançando chamas violentas pro espaço.

{% ad-horizontal %}

Nosso Sol está situado entre esses dois extremos, o que é conhecido como anã amarela - uma estrela do tipo G da sequência principal . Mas, embora saibamos que a vida surgiu no Sistema Solar (afinal, estamos vivendo nele), nem mesmo o Sol é uma estrela Cachinhos Dourados.

De acordo com astrônomos da Universidade Villanova, as melhores estrelas para a vida, segundo o diagrama de Hertzsprung-Russell, são estrelas do tipo K, que são estrelas alaranjadas, um pouco mais frias que o Sol e um pouco mais quentes que uma anã vermelha.

estrela

As estrelas K-anãs estão no 'ponto ideal', com propriedades intermediárias entre as estrelas do tipo solar mais raras, mais luminosas, mas de vida mais curta (estrelas G) e as estrelas anãs vermelhas mais numerosas (estrelas M) ", explicou o astrônomo Villanova e o astrofísico Edward Guinan.

fonte

]]>
2020, o pior ano da história! Mas será mesmo? https://www.brasilciencia.com/artigos/post/2020-o-pior-ano-da-historia-mas-sera-mesmo https://www.brasilciencia.com/artigos/post/2020-o-pior-ano-da-historia-mas-sera-mesmo Tue, 29 Dec 2020 12:01:00 -0200 2020 foi um ano difícil por muitos motivos, mas a história mostra que poderia ter sido ainda pior.

O ano de 2020 deixou sua marca, talvez tenha sido tão mais difícil porque a própria escrita do nome já o duplica, o que dá a sensação que estamos vivendo dois anos em um, e como dá.

Tudo começou com a Austrália em chamas; como se sobreviver na Austrália já não fosse difícil o suficiente, com praticamente todos os animais selvagens tentando te aniquilar o tempo todo, e em cima disso, um fogo incessante, literamente.

Fogo Austrália

{%ad-horizontal%} 

Depois, os protestos nos Estados Unidos devido à morte de um homem negro por policiais brancos, foram dias de fúria no país: o povo nas ruas clamando por justiça, lojas sendo saqueadas, estátuas de negociadores de escravos sendo quebradas e afogadas na Europa, enfim, com o acontecimento repercutindo no mundo todo, o ano mal havia começado, mas o que parecia mesmo era que o mundo já estava acabando.

2020, o pior ano

Então o coronavirus chega, chega de cabeça erguida pronto para tomar seu espaço, e como tomou, parecia a versão microscópica de Thanos querendo limpar o mundo!

O virus nos deixou de boca aberta e tampadas ao mesmo tempo.

Enquanto algumas figuras lavavam as mãos, outras, como o presidente do Brasil, que era o Messias que não fazia milagres, mas também não fazia nada, lavava as mãos despreocupadamente. Era só uma gripezinha! Não tinha nada com isso.

Lavamos as mãos também, pois, se nem os ministros da saúde, que eram médicos, sabiam o que fazer, como iríamos fazer algo, tampamos nossa boca, ficamos sem tato, perdemos o paladar e aos poucos, ficávamos sem oxigênio. Não podíamos respirar, e ninguém via, estávamos sozinhos, isolados.

O mundo ficou desconectadamente conectado.

{%ad-horizontal%} 

O vírus chegou de mansinho, direto da China, assim dizem as más línguas.

Ele chegou mais rápido do que aqueles telefones falsificados de antigamente, vindos da China, que eram vendidos em bancas de camelô, mas diferentemente dos telefones, que prometiam muito e não cumpriam nada, o vírus, que não fazia propaganda nenhuma, chegou e fez um barulho danado!

O mundo se recolheu e o ano de 2020 ainda não acabou, mas não será por muito tempo.

Este ano está com os dias contados, confia em mim.

Outros anos concorrentes ao ano de 2020.

Aniquilação dos dinossauros

Há 65 milhões de anos, o impacto de um asteróide na  Península de Iucatã, no México, aniquilando pelo menos 75% de toda a vida na Terra.

 

dinossauros

Ano 536 DC 

Uma erupção vulcânica na Islândia lançou cinzas na atmosfera, deixando o mundo numa névoa negra por 18 meses, arrasando plantações e deixando o mundo na escassez.

Ano 1520

Em 1520 ouve um surto de varíola no continente americano, o vírus foi trazido para Américas por exploradores espanhois, a situação não era tão feia na Europa, pois os europeus já possuíam imunidade ao vírus, mas como os nativos que habitavam o "novo mundo" não tinham imunidade, supõe-se que 90% da população das Américas foi morta devido à doença.

Ano 1918

No momento em que a Primeira Guerra Mundial estava chegando ao fim, um novo vírus da gripe aviária (H1N1) causou uma pandemia mortal que durou mais de um ano. Soa familiar?

Ao contrário da pandemia atual, a gripe de 1918 atingiu crianças menores de cinco anos e adultos entre 20 e 40 anos de forma especialmente dura. Não houve vacina e as tentativas de limitar as reuniões e encorajar boas práticas de higiene e o uso de máscaras tiveram resultados mistos. As mensagens de saúde pública não ajudaram pelo fato de que o governo do presidente americano Woodrow Wilson minimizou a pandemia. (é... presidentes não deveriam minimizar nada).

Em um artigo publicado na Nature em 2009, o historiador e autor John M. Barry escreveu: “Quando a onda pandêmica total e letal chegou aos Estados Unidos em setembro de 1918, Wilson nunca fez uma única declaração sobre [a pandemia], e figuras públicas menores forneciam apenas garantias”.

A gripe de 1918 matou pelo menos 50 milhões de pessoas em todo o mundo e 675.000 nos Estados Unidos - mas a manutenção de registros não era tão boa naquela época, então o número de mortos poderia ser maior. 

Isso é mais do que o número de mortes de militares em ambas as Guerras Mundiais e muito mais do que o coronavírus - pelo menos até agora.

{%ad-horizontal%} 

Ano 1939

A Segunda Guerra Mundial , que envolveu 30 nações e matou cerca de 75 a 80 milhões de pessoas, a maioria delas civis. Além dessas baixas, o regime nazista exterminou sistematicamente 11 milhões de pessoas, um genocídio conhecido como Holocausto. Esta campanha de assassinato teve como alvo judeus, pessoas LGBT, eslavos e qualquer outra pessoa que eles considerassem indigna de viver. 

A guerra terminou em 1945, mas o trauma não.

 

Fonte: sciendemag - wikipedia worldpopulationreview

 

]]>
Astrônomos identificaram a menor estrela conhecida https://www.brasilciencia.com/artigos/post/astronomos-identificaram-a-menor-estrela-conhecida https://www.brasilciencia.com/artigos/post/astronomos-identificaram-a-menor-estrela-conhecida Wed, 30 Sep 2020 20:04:00 -0300 Uma equipe de astrônomos da Universidade de Cambridge estava à procura de novos exoplanetas quando se depararam com uma descoberta acidental animadora: eles encontraram a menor estrela já descoberta até hoje.

A minúscula estrela, que está sendo chamada EBLM J0555-57Ab, está a cerca de 600 anos-luz da Terra e tem uma massa comparável a de 85 massas de Júpiter à massa estimada de TRAPPST-1.

A nova estrela, porém, tem um raio cerca de 30% menor que Júpiter. Assim como TRAPPIST-1, EBLM J0555-57Ab é provavelmente uma estrela anã vermelha ultra fria. 

A equipe usou dados de um experimento denominado WASP (Wide Angle Search for Planets), que normalmente é usado na busca de planetas em vez de estrelas, na procurar novos exoplanetas.

{%ad-horizontal%} 

Durante os estudos, eles notaram um escurecimento consistente da estrela-mãe do EBLM J0555-57Ab, o que significava que havia um objeto em órbita.

Por meio de pesquisas adicionais para medir a massa de qualquer corpo em órbita, eles descobriram que o objeto que detectaram era muito grande para ser um planeta - ao invés disso, era uma pequena estrela.

Embora EBLM J0555-57Ab seja incrivelmente Pequena, ela tem massa suficiente para a fusão de hidrogênio, o mesmo processo que alimenta o Sol e o torna a fonte de energia da Terra.

Apenas um pouco maior que Saturno, a estrela tem uma atração gravitacional 300 vezes mais forte que a da Terra. Se a estrela fosse muito menor, não haveria pressão suficiente em seu centro para que o processo de fusão ocorresse e, em vez disso, teria se formado como uma anã marrom, em vez de uma estrela completa.

A equipe planeja usar esta estrela recém-descoberta para entender melhor os planetas que orbitam estrelas.

Os detalhes dessa descoberta serão publicados na revista Astronomy & Astrophysics.

 

Fonte

]]>
Cientistas escavam caverna de 5.5 milhões de anos que possui atmosfera e ecossistema próprios https://www.brasilciencia.com/artigos/post/cientistas-abrem-caverna-de-55-milhoes-de-anos-que-possui-atmosfera-e-ecossistema-proprios https://www.brasilciencia.com/artigos/post/cientistas-abrem-caverna-de-55-milhoes-de-anos-que-possui-atmosfera-e-ecossistema-proprios Tue, 01 Sep 2020 02:06:00 -0300 Descoberta em 1986, desde que foi escavada, a Caverna de Movile, na Romênia, sempre encanta especialistas e pesquisadores a cada descoberta.

Caverna de Movile

A caverna é especialmente importante para microbiologistas de todo mundo porque serve de parâmetro de como a vida pode brotar e evoluir em diferentes circunstâncias.

{%ad-horizontal%}

Como ficou isolada do resto do mundo por 5.5 milhões de anos, o nível de oxigênio na caverna é de aproximadamente 10%, enquanto o nível de oxigênio do planeta é de 21%, portanto, a forma de vida que desenvolveu alí é única e exclusiva daquele ambiente.

Caverna de Movile

Os nível de dióxido de carbono no ar também é diferente, pra efeito de comparação, uma pessoa pode envenenar-se facilmente de cinco a seis horas de exposição. O microbiologista especialista Rich Bowden foi a 29ª pessoa a realmente entrar na caverna. Ele relatou ter descoberto uma infinidade de 48 novas espécies alí.

Devido a sua genética singular, as espécies de animais que se desenvolveram na caverna são capazes de sobriviver somente na caverna. Há também espécies de plantas exclusivas do ambiente.

 

fonte

]]>
Adobe cria programa de inteligência artificial que identifica rostos "photoshopados". https://www.brasilciencia.com/artigos/post/adobe-cria-programa-de-inteligencia-artificial-que-identifica-rostos-photoshopados https://www.brasilciencia.com/artigos/post/adobe-cria-programa-de-inteligencia-artificial-que-identifica-rostos-photoshopados Wed, 12 Aug 2020 12:55:00 -0300 A Adobe, desenvolvedora do programa de edição de fotos mais popular do mundo - Photoshop - revelou uma nova ferramenta de inteligência artificial que detecta imagens manipuladas.

A pesquisa, em parceria com cientistas da Universidade UC Berkeley e Darpafoca em edições feitas no Photoshop, especialmente na ferramenta "face aware liquify", que pode alterar, sutilmente, partes do rosto de uma pessoa, por exemplo.

A ferramenta também tem a capacidade de detectar outras manipulações.

{% ad-horizontal %} 

Com testes entre imagens manipuladas e outras sem nenhuma alteração, a ferramenta obteve uma taxa de acerto de 99%. Em comparação, a taxa de acerto de uma pessoa é de 53%.

A ferramenta mostra que a Adobe está tomando iniciativas contra a propagação de imagens enganosas.

Segundo o The Verge, a companhia não tem a intenção de distribuir a ferramenta ao público.

 

Adobe blog

Futurism

]]>
NASA lança vídeo em 4K da Lua https://www.brasilciencia.com/artigos/post/nasa-lanca-video-em-4k-da-lua https://www.brasilciencia.com/artigos/post/nasa-lanca-video-em-4k-da-lua Tue, 26 May 2020 13:21:00 -0300 A NASA compilou fotos da sonda espacial que orbita a lua - Lunar Reconnaissance Orbiter spacecraft - e disponibilizou um vídeo em 4K, onde os amantes da teoria da conspiração de que o homem não pisou na Lua podem tentar encontrar o local do pouso dos astronautas que por lá estiveram no passado. 

Prova da nossa visita à Lua

Spoiler

Os rastros da nossa visita à Lua podem ser vistos aos 3:47 minutos do vídeo. 

{% ad-horizontal %} 

Talvez o vídeo também seja um tapa de luva na cara dos amantes da Terra plana.

O vídeo não é novo, mas pra quem nunca o assistiu, vale a pena apreciar a beleza do nosso lindo satélite natural. 

 

]]>
Um em um milhão - exoplaneta com massa e órbita similares à Terra foi detectado https://www.brasilciencia.com/artigos/post/um-em-um-milhao-exoplaneta-com-massa-e-orbita-similares-a-terra-foi-detectado https://www.brasilciencia.com/artigos/post/um-em-um-milhao-exoplaneta-com-massa-e-orbita-similares-a-terra-foi-detectado Fri, 15 May 2020 05:03:00 -0300 Pesquisadores descobriram um planeta incrivelmente raro na direção do centro da galáxia. 

KIC-7340288 b é o nome exoplaneta que está aproximadamente a mil anos-luz e possui apenas 1,5 vezes o tamanho da Terra, pequeno o suficiente para ser considerado rochoso e fica na zona habitável da estrela que orbita.

O exoplaneta recém-descoberto é "um dos poucos" que foram descobertos com tamanho e órbita semelhantes à Terra. Ele demora cerca de 617 dias para orbitar sua estrela hospedeira, que acredita-se ter apenas 10% a massa do nosso Sol.

{% ad-horizontal %} 

Descoberta 

A gravidade combinada do planeta e sua estrela hospedeira fez com que a luz de uma estrela de fundo mais distante fosse ampliada de uma maneira bastante particular. 

O tempo necessário para observar a ampliação foi de aproximadamente cinco dias, enquanto o planeta foi detectado apenas durante uma pequena distorção de cinco horas. 

Foram usados telescópios distribuídos ao redor do mundo para medir o efeito da curvatura da luz.

 

O estudo foi publicado no Astronomical Journal 

 

 

]]>
Para auxiliar crianças no desenvolvimento da leitura, Google lança aplicativo em 180 países https://www.brasilciencia.com/artigos/post/aplicativo-do-google-para-auxiliar-a-habilidade-de-leitura-em-criancas-foi-lancado-em-180-paises https://www.brasilciencia.com/artigos/post/aplicativo-do-google-para-auxiliar-a-habilidade-de-leitura-em-criancas-foi-lancado-em-180-paises Sat, 09 May 2020 05:20:00 -0300 Read along - leia junto, em tradução direta - é um aplicativo do Google que promete auxiliar crianças no aperfeiçoamento da habilidade de leitura.

O aplicativo usa a tecnologia de reconhecimento de fala do Google para auxiliar no desenvolvimento das habilidades de alfabetização de crianças e está disponível em 9 idiomas, incluindo o português.

Como funciona?

 

Enquanto as crianças leem em voz alta, um assistente chamado Diya detecta se o usuário está com dificuldades ou não e dá um feedback positivo e encorajador. O usuário também pode tocar a qualquer momento no assistente para auxílio.

{% ad-horizontal %}

Os pais podem criar perfis para vários tipos de leitores, que podem tocar em suas fotos de perfil para aprender no próprio ritmo e acompanhar o progresso individualmente. O Read Along personalizará a experiência recomendando o nível de dificuldade certo das historinhas e jogos com base no desempenho e nível de leitura.

Segurança e privacidade

O Google diz que os dados de voz capturados pelo Read Along são analisados no dispositivo e não são enviados aos servidores do Google. O aplicativo também funcionará totalmente offline, mas é necessário conectar-se ao Wi-Fi caso deseja fazer o download de novas histórias para a criança estudar. O Read Along também não exige login e não possui anúncios ou compras no aplicativo, de acordo com o Google.

Você pode baixar o aplicativo visitando a PlayStore clicando na foto abaixo.

É sempre recomendado ler a política de privacidade antes de usar aplicativos, especialmente quando são direcionados à crianças.

 

]]>