O Coronavirus não é como uma gripe comum, veja algumas diferenças

Dores, garganta inflamada, febre, embora possam parecer semelhantes aos sintomas comuns de uma gripe, o novo coronavírus não é o mesmo que uma gripe, salientam especialistas.

Taxa de fatalidade

Apesar de não ter a mesma taxa de fatalidades de uma gripe comum, que é de 0,1%, a taxa de fatalidade do COVID-19 - abreviação em inglês para Corona Virus Disease 2019 (na tradução direta seria algo como doença do coronavirus 2019) -, a doença causada pelo coronavirus tem ficado com uma taxa por volta de 3,5% entre os casos confirmados. Mas devido ao fato de que algumas pessoas podem se infectar e nem perceber, ainda há incerteza sobre a taxa de fatalidade do COVID-19, e isso pode variar de acordo com os cuidados de saúde locais.

A taxa média pode ficar por volta de 2%, que é 20 vezes mais alta do que a gripe comum.

Complicações

Uma análise de 45 mil casos confirmados na China, onde a doença de originou, mostrou que a maioria dos casos fatais foram entre a população mais idosa, 14,8% entre as pessoas com mais de 80 anos.

Outro estudo chinês mostrou que 41% dos casos mais sérios ocorreram entre pessoas com menos de 50 anos, comparado com 27% entre as pessoas que tinham por volta de 65 anos.

Ou seja, se você for mais velho, está no grupo de risco mais elevado, mas os casos mais severos também podem ocorrer entre as pessoas mais jovens.

Contágio

Especialistas em saúde dizem que pessoas com COVID-19 afetem pelo menos outras 2 ou 3 pessoas, essa taxa de reprodução é 2 vezes maior do que a de um gripe comum, que infecta 1,3 pessoas por cada paciente.

Vacina/Tratamento

Centenas de cientistas pelo mundo estão trabalhando freneticamente para encontrar uma vacina contra o vírus, mas o processo de desenvolvimento pode levar meses e quando chegar, pode ser tarde demais para parar o surto da doença.

Embora alguns testes tenham mostrado promessas de fornecer medicamentos anti-retrovirais para casos graves, bem como algumas terapias experimentais, o tamanho das suas amostras é pequeno demais para ser distribuído na população em geral.

Mesmo se uma vacina aparecesse da noite pro dia, prover o acesso a todos não é tarefa fácil, autoridades de saúde dizem frequentemente que nem todo mundo recebe a vacina contra a gripe comum, o que garantiria a imunidade comunitária.

Similaridades

O virus compartilha várias características com uma gripe comum e cada indivíduo pode tomar algumas medidas necessárias para diminuir a taxa de infecção como:

- Evite aperto de mãos

- Lave as mãos frequentemente com água e sabão

- Evite tocar o rosto e use máscara se você estiver doente

Essas atitudes podem limitar novas infecções do COVID-19 da mesma maneira que podem evitar uma gripe comum e outras doenças infecciosas.

O ministro da saúde da França diz que apenas 2 em 10 pessoas lavam as mão regularmente quando usam o banheiro. "E apenas 42% das pessoas cobrem a boca com o cotovelo ou lenço quanto tossem ou espirram", acrescentou, sem encorajar.

Sciencealert 

 

⇐ VOLTAR