7 impactos da mudança climática no planeta

Epidemias globais

Mudanças climáticas auxiliam na proliferação de mosquitos causadores de doenças como a dengue e a febre amarela por exemplo, e essas pragas podem expandir globalmente devido à áreas frias do planeta estarem passando por verões mais prolongados, dando aos mosquitos mais tempo para se reproduzirem.

epidemias globais

Escassez de água doce

O aumento na temperatura global faz com que geleiras derretam, diminuindo o acesso à água potável.

63% da população no Brasil, Rússia, Índia e China juntos, vivem sob estresse hídrico de médio a grave; essa participação aumentará para 80% até 2030 se não forem introduzidas novas medidas para melhor gerenciamento dos recursos hídricos.

escassez de água

Deslocamento costeiro

Com o aumento do nível do mar, cidades costeiras tendem a ser engolidas pela água.

Um aumento de 4 graus Celcius na temperatra do planeta, elevaria o nível do mar o suficiente para submergir áreas que atualmente abrigam de 470 a 760 milhões de pessoas em todo o mundo.

deslocamento

 

Aumento na inclinação do eixo da terra

Um estudo diz que o planeta ja inclinou 10.5 metros desde 1899, e os pesquisadores descobriram que o derretimento da camada de gelo da Groenlândia, juntamente com outras áreas, mudou a distribuição de massa no planeta. Assim como um pião altera o topo à maneira que ele gira, mudar a massa planetária da terra para oceano altera a inclinação axial do planeta. Felizmente, essa mudança é tão pequena que não se espera que tenha muito efeito sobre o clima, a agricultura ou a navegação.

inclinação

Tempestades mais agressivas

Além das tempestades e grande inundações, as mudanças climáticas também têm intensificado o poder dos tornados.

Tempestades

 

Diminuição de espécies

Com o colapso do ecossistema de várias espécies, um terço das espécies animais seriam afetadas pela mudança climática.

Estima-se que 57% das plantas e 34% dos animais provavelmente perderão metade ou mais do seu habitat.

Diminuição das espécies

Colapso do ecossistema

A Terra já ultrapassou 4 dos 9 limites planetários estabelecidos.

O conceito de limites planetários, publicado pela primeira vez em 2009, identifica nove prioridades globais relacionadas às mudanças induzidas pelo homem ao meio ambiente.

A ciência mostra que esses nove processos e sistemas regulam a estabilidade e a resiliência do sistema terrestre - as interações da terra, oceano, atmosfera e vida que, juntas, fornecem condições das quais a sociedade depende -.

Os nove limites planetários

*Em negrito e traçado já foram ultrapassados*

  1. Mudanças Climáticas
  2. Mudança na integridade da biosfera (perda de biodiversidade e extinção de espécies)
  3. Destruição do ozônio estratosférico
  4. Acidificação do oceano
  5. Fluxos biogeoquímicos (ciclos de fósforo e nitrogênio)
  6. Alteração no sistema de terras (por exemplo, desmatamento)
  7. Uso de água doce
  8. Carga atmosférica de aerossóis (partículas microscópicas na atmosfera que afetam o clima e os organismos vivos)
  9. Introdução de novas entidades (por exemplo, poluentes orgânicos, materiais radioativos, nanomateriais e microplásticos).

Colapso das abelhas

 

Fonte: links no decorrer do texto.

 

⇐ VOLTAR